Anúncios

Arquivo

Posts Tagged ‘esquema’

TÉCNICA – Conserto de fonte bivolt XBOX compatível

9 de setembro de 2017 5 comentários
Figura 1 – Identificação dos polos do conector da fonte XBOX para o modelo 360 S.

Figura 1 – Identificação dos polos do conector da fonte XBOX para o modelo 360 S.

Conserte e compreenda o funcionamento de uma fonte bivolt, compatível com a plataforma XBOX 360 S.

Saiba como adaptar uma fonte ATX para ser comandada pelo XBOX, da mesma maneira que a original. É uma alteração totalmente reversível. De quebra, conheça melhor os transistores MOSFET de potência.

Leia mais…

Anúncios

LEDs – Como é uma lanterna recarregável

16 de agosto de 2014 41 comentários
Figura 1 – Lanterna recarregável desmontada.

Figura 1 – Lanterna recarregável desmontada.

Faz uns dois anos, comprei uma lanterna recarregável de 6 LEDs, marca Z-Light, modelo ZL-2225. Escolhi adquiri-la em loja no Brasil, até para dispor de um produto mais durável do que os encontrados no mercado informal.

Mas fui iludido. Uns meses atrás, a lanterna começou a fazer um barulho de fritura quando posta para carregar e não funcionou mais. Como não podia aceitar um tempo de vida tão curto, decidi abri-la e identificar as falhas ocorridas.

Leia mais…

PROJETO – Fonte de alimentação CC profissional 0-40V, 0-4A

12 de junho de 2014 168 comentários

Fig 00 – Aparência final da fonte de bancada.

Quando queimou minha fonte CC ajustável de bancada, de construção artesanal, pensei em comprar uma nova, mas o custo de um equipamento de qualidade me fez optar novamente pelo “faça você mesmo”. Vasculhei muitos artigos de eletrônica, em busca de uma fonte com boa relação custo-benefício e que utilizasse peças de fácil reposição. 

A intenção era dispor de uma fonte melhor, pois a anterior tinha um problema chato, que era a elevação da tensão de saída após o desligamento. Daí lembrei de uma antiga revista Elektor, onde encontrei o projeto desejado.

Conto aqui como foram feitas a montagem e as pequenas alterações no circuito, que entrega de 0 a 40V CC, com controle de corrente de 0 a 4A. Tem proteção total contra curtos-circuitos e compensação para a queda de tensão nos cabos.

É uma fonte de bancada de ótima qualidade, confiável, que utiliza componentes corriqueiros e baratos e dispõe de mais recursos que a maioria das fontes comerciais.

Leia mais…

TÉCNICA – Conserto de Adega Climatizada Eletrônica

1 de dezembro de 2013 791 comentários
Placa de adega eletrônica

Placa de adega eletrônica

Este post mostra o princípio de funcionamento de uma adega eletrônica, baseada em célula Peltier e o que foi feito para recuperá-la, pois tinha deixado de funcionar, com pouco tempo de uso.

Além da resolução do defeito, foi feita uma melhoria no circuito, de modo a evitar o aquecimento de certas áreas da placa de circuito impresso e aumentar a durabilidade do equipamento.

Leia mais…

TÉCNICA – Conheça e conserte os reatores eletrônicos das fluorescentes

10 de outubro de 2013 103 comentários
Figura 1 – Placas de circuito impresso de reatores eletrônicos de fluorescentes.

Figura 1 – Placas de circuito impresso de reatores eletrônicos de fluorescentes.

O aparecimento dos reatores eletrônicos para lâmpadas fluorescentes é relativamente recente. Utilizados primeiramente nas fluorescentes tubulares, logo depois foram incorporados às lâmpadas fluorescentes compactas (LFC). 

Hoje, estão extremamente difundidos e encontrar um reator convencional (eletromagnético), feito de ferro-silício e cobre, é muito difícil. Pretendo neste post mostrar o princípio de funcionamento destes circuitos, que são um tipo específico de fonte chaveada. Também serão analisados diversos modelos de reatores eletrônicos encontrados no comércio, assim como fornecidas dicas para sua manutenção, com base na experiência adquirida.

Leia mais…

TÉCNICA – Conserto de impressora Samsung ML-3051ND

15 de janeiro de 2013 26 comentários
Figura 1 – Impressora Samsung ML-3051ND.

Figura 1 – Impressora Samsung ML-3051ND.

DEFEITO: queimou ao ser ligada em 220V

Este problema é comum em muitas impressoras porque há o costume de vendê-las no Brasil com a tensão de entrada de rede de 127V CA, sem bivolt automático.

É um absurdo, pois a rede elétrica somente tem este valor de tensão em algumas capitais brasileiras. No restante do país, a rede é 220V CA. Claro, uma fonte com bivolt automático aumentaria o custo do equipamento (principalmente por causa da alimentação do fusor), e como não é obrigatória…

Nos escritórios, mesmo que ainda sejam instalados “estabilizadores”, que rebaixam a tensão da rede, de 220V para 120V ou perto disso, volta e meia algum distraído espeta o plugue na tomada de 220V e dá “aquele” estouro. E lá fica ele, de olhos arregalados, segurando o cabo e pensando como irá pagar uma nova impressora ao chefe…

Leia mais…

PROJETO – Um atenuador (L-pad) para amplificadores valvulados de guitarra

30 de novembro de 2012 3 comentários
Figura 1 – Amplificador para o qual foi projetado o atenuador.

Figura 1 – Amplificador para o qual foi projetado o atenuador.

Certa vez, um guitarrista tinha comprado um amplificador valvulado (figura 1), para utilizar no apartamento onde morava. Logo ele notou que o amplificador ficava com um timbre muito sem graça quando o volume era baixinho. Para ficar com um som “gordo”, consistente, tinha que aumentar o volume. Mas só ele gostava, pois a vizinhança tinha algum problema com música…

Ele me pediu, então, um modo de fazer com que o amplificador trabalhasse a plena potência (ou perto disso), mas com o som dos alto-falantes num nível aceitável para os vizinhos.

Leia mais…