Início > Eletrônica, Manutenção > TÉCNICA – Conserto de impressora Samsung ML-3051ND

TÉCNICA – Conserto de impressora Samsung ML-3051ND

15 de janeiro de 2013

Figura 1 – Impressora Samsung ML-3051ND.

Figura 1 – Impressora Samsung ML-3051ND.

DEFEITO: queimou ao ser ligada em 220V

Este problema é comum em muitas impressoras porque há o costume de vendê-las no Brasil com a tensão de entrada de rede de 127V CA, sem bivolt automático.

É um absurdo, pois a rede elétrica somente tem este valor de tensão em algumas capitais brasileiras. No restante do país, a rede é 220V CA. Claro, uma fonte com bivolt automático aumentaria o custo do equipamento (principalmente por causa da alimentação do fusor), e como não é obrigatória…

Nos escritórios, mesmo que ainda sejam instalados “estabilizadores”, que rebaixam a tensão da rede, de 220V para 120V ou perto disso, volta e meia algum distraído espeta o plugue na tomada de 220V e dá “aquele” estouro. E lá fica ele, de olhos arregalados, segurando o cabo e pensando como irá pagar uma nova impressora ao chefe…

A técnica

Apesar de parecer que o equipamento virou fumaça (ou lixo), o defeito geralmente não é grave. Modelos bem construídos de fontes de alimentação contam com proteções, que quando submetidas a excesso de tensão, estouram, literalmente.

No caso da Samsung ML-3051ND, ela conta com um fusível e um varistor, logo na entrada da rede elétrica. No início de 2013, quando escrevo este artigo, não foi possível conseguir o diagrama esquemático deste modelo, então peguei um de impressora semelhante, como se vê na figura 2. É da Samsung ML-6050, ver referências [1], [2] e [3].

O varistor e o fusível equivalentes aos da ML-3051ND, no diagrama da figura 2, estão destacados com círculos azuis. Pode-se notar que são os primeiros componentes na entrada da rede elétrica, após o conector. São os que recebem toda a sobretensão e estão ali para queimar mesmo.

Figura 2 – Entrada de tensão da impressora Samsung ML-6050.

Figura 2 – Entrada de tensão da impressora Samsung ML-6050.

A ML-6050 tem uma etapa, já na entrada da rede elétrica, que aciona a lâmpada do fusor (bloco amarelo). O bloco azul envolve todos os componentes que formam as proteções na entrada da rede elétrica, inclusive os filtros contra interferências. Este filtros impedem que a impressora receba interferência da rede e também evita a emissão de algum ruído para a rede elétrica.

O aterramento é imprescindível para estes equipamentos, pois eles podem gerar facilmente grandes quantidades de eletricidade estática, em razão de utilizar alta tensão para atrair o toner ao tambor de impressão.

Voltando ao nosso assunto. O varistor é uma peça que não faz nada até que a tensão da rede atinja um determinado nível. Quando isto ocorre, o varistor transforma-se num curto-circuito.

É uma forma de absorver picos de tensão, causados por interferências (em curtíssimos espaços de tempo), ou obrigar o fusível a abrir, caso o equipamento seja ligado em tensão muito mais alta que a nominal – 127V, neste caso. Por isso ocorre aquele… POU!, sempre assustador (figura 3).

A solução para o problema é substituir o varistor e o fusível, por outros idênticos. Isto não é fácil, muitas vezes, por causa da dificuldade de encontrar os componentes exatos. O varistor poderá ser de maior capacidade do que o original – mas mesma tensão de trabalho, o que deixará a proteção mais robusta. Para conhecer melhor os varistores, consultar as referências [4], [5] e [6].

O fusível deve ser do mesmo tipo e corrente. Nestas entradas, geralmente é utilizado o modelo T (Time), que indica que é um fusível com retardo. Para conhecer os tipos existentes de fusíveis, veja as referências [7], [8] e [9]. Para esta impressora, o fusível não foi encontrado no comércio regional.

Deve-se lembrar que JAMAIS o equipamento poderá ser remontado sem tais peças. Segurança é muito importante, e estes dois componentes são essenciais para evitar incêndio do equipamento.

Figura 3 – Detalhe de placa de fonte de impressora Samsung ML-3051ND, queimada.

Figura 3 – Detalhe de placa de fonte de impressora Samsung ML-3051ND, queimada.

Desmontagem

Para começar a manutenção, segue um passo-a-passo para desmontar a impressora. Ela é fácil de abrir, mas se não forem cuidados alguns detalhes, a impressora poderá precisar de várias remontagens, para evitar que sobrem parafusos…

Todos os passos não necessários para alcançar a placa da fonte de alimentação, junto da chave de força.

Inicialmente, retira-se o cartucho de toner e a bandeja frontal de papel (figura 4). Depois, a bandeja posterior, conforme figuras 5 e 6.

O painel posterior tem 4 parafusos pretos, que devem ser retirados para remover o painel (figuras 7, 8, 9, 10, 11 e 12). Na figura 13 aparece o conector da interface paralela, que no momento da remontagem deverá estar com as presilhas na posição mostrada, ou o painel traseiro não encaixará corretamente.

Figura 4 – Retirada da bandeja frontal.

Figura 4 – Retirada da bandeja frontal.

Figura 5 – Retirada da gaveta posterior I.

Figura 5 – Retirada da gaveta posterior I.

Figura 6 – Retirada da gaveta posterior II.

Figura 6 – Retirada da gaveta posterior II.

Figura 7 – Retirada de parafuso do painel posterior I.

Figura 7 – Retirada de parafuso do painel posterior I.

Figura 8 – Retirada de parafuso do painel posterior II.

Figura 8 – Retirada de parafuso do painel posterior II.

Figura 9 – Retirada de parafuso do painel posterior III.

Figura 9 – Retirada de parafuso do painel posterior III.

Figura 10 – Retirada de parafuso do painel posterior IV.

Figura 10 – Retirada de parafuso do painel posterior IV.

Figura 11 - Vista posterior da impressora, ainda com o painel traseiro.

Figura 11 – Vista posterior da impressora, ainda com o painel traseiro.

Figura 12 – Vista posterior da impressora, sem o painel traseiro.

Figura 12 – Vista posterior da impressora, sem o painel traseiro.

Figura 13 – Conector paralelo, onde se podem notar as presilhas de encaixe na posição de remontagem.

Figura 13 – Conector paralelo, onde se podem notar as presilhas de encaixe na posição de remontagem.

Com o painel traseiro removido, retirar 2 parafusos zincados do painel superior, como mostrado nas figuras 14 e 15.

Na figura 16 e 17, tem mais dois parafusos zincados, que ficam debaixo da tampa frontal do equipamento. Esta tampa encaixa os painéis laterais, como se pode ver na figura 18. Levanta-se a tampa pela frente (figura 19), cuidando para desligar o conector do painel de comando (figura 20). Na figura 21, a aparência da impressora nesta fase de desmontagem.

Para a retirada do painel lateral, cuidar que há um encaixe junto do painel frontal (figura 22), além de um parafuso interno (figura 23). Depois de retirar o parafuso do braço interno, deslocar para o lado, conforme a fig. 24, de modo a facilitar sua retirada.

Figura 14 – Parafuso traseiro da tampa superior, lado das teclas de comando.

Figura 14 – Parafuso traseiro da tampa superior, lado das teclas de comando.

Figura 15 – Parafuso traseiro da tampa superior, lado oposto às teclas de comando.

Figura 15 – Parafuso traseiro da tampa superior, lado oposto às teclas de comando.

Figura 16 – Parafuso frontal da tampa superior, lado oposto às teclas de comando.

Figura 16 – Parafuso frontal da tampa superior, lado oposto às teclas de comando.

Figura 17 – Parafuso frontal da tampa superior, lado das teclas de comando.

Figura 17 – Parafuso frontal da tampa superior, lado das teclas de comando.

Figura 18 – Vista do encaixe correto da tampa superior, que é idêntico no lado oposto.

Figura 18 – Vista do encaixe correto da tampa superior, que é idêntico no lado oposto.

Figura 19 – Retirada da tampa superior.

Figura 19 – Retirada da tampa superior.

Figura 20 – Conector na tampa superior (teclas de comando e display).

Figura 20 – Conector na tampa superior (teclas de comando e display).

Figura 21 – Aparência da impressora desmontada, ainda com os dois painéis laterais.

Figura 21 – Aparência da impressora desmontada, ainda com os dois painéis laterais.

Figura 22 - Encaixe correto do painel lateral direito (quando a impressora é vista de frente), junto da fonte.

Figura 22 – Encaixe correto do painel lateral direito (quando a impressora é vista de frente), junto da fonte.

Figura 23 - Braço interno que prende a tampa lateral direita.

Figura 23 – Braço interno que prende a tampa lateral direita.

Figura 24 - Tampa lateral direita solta, pronta para remoção.

Figura 24 – Tampa lateral direita solta, pronta para remoção.

Figura 25 – Vista lateral direita da impressora.

Figura 25 – Vista lateral direita da impressora.

Figura 26 – Placa da fonte da impressora Samsung ML-3051ND.

Figura 26 – Placa da fonte da impressora Samsung ML-3051ND.

Neste momento, temos acesso à placa da fonte da impressora (figura 25). A placa é retirada com facilidade, pois tem conectores para todos os fios, além dos 4 parafusos de fixação (figura 26).

Os danos e a solução

A fig. 27 mostra no detalhe uma placa com o varistor e o fusível já retirados, antes da limpeza da área. Os componentes estão na fig. 28. Na fig. 29, outra placa do mesmo modelo (recebemos 3 destas impressoras, com defeito idêntico…), que já não apresenta área de queima tão grande.

Na fig. 30 pode-se notar a placa já limpa e um pequeno fio de cobre, no lugar do fusível. O varistor é equivalente ao original, mas o fusível teve de ser improvisado, pois havia pressa para que o equipamento voltasse a funcionar. Por experiência própria, a bitola escolhida funde a mais ou menos 5 A, e como é fio comum, é parecido com um fusível tipo F (fast, ou rápido). Para verificar a bitola adequada para determinada corrente, consulte a referência [8].

Mas este procedimento não é recomendado, inclusive o cliente foi alertado, pois é um método rudimentar, com largas tolerâncias. Não se pode garantir que o fio rompa a tempo durante novo curto-circuito do varistor, o que danificaria seriamente o equipamento. Só serve para emergências, na absoluta impossibilidade de conseguir um bom fusível.

Figura 27 – Aspecto da área queimada, com os componentes removidos, antes da limpeza.

Figura 27 – Aspecto da área queimada, com os componentes removidos, antes da limpeza.

Figura 28 - Componentes removidos da fonte. Os dois estão queimados.

Figura 28 – Componentes removidos da fonte. Os dois estão queimados.

Figura 29 – Outra placa com o mesmo defeito.

Figura 29 – Outra placa com o mesmo defeito.

Figura 30 – Placa consertada, com fusível improvisado com fio de cobre – não recomendável.

Figura 30 – Placa consertada, com fusível improvisado com fio de cobre – não recomendável.

Figura 31 – Placa consertada, com porta-fusível externo.

Figura 31 – Placa consertada, com porta-fusível externo.

Figura 32 – Aspecto final da placa consertada, onde se nota o porta-fusível aéreo.

Figura 32 – Aspecto final da placa consertada, onde se nota o porta-fusível aéreo.

Figura 33 – Placa remontada na impressora.

Figura 33 – Placa remontada na impressora.

Em outra placa, foi feito um serviço mais profissional, com a colocação de um porta-fusível externo, como se vê nas figuras 31 e 32.

Na figura 33 aparece a placa já montada, com o porta-fusível escondido entre os fios.

Como se pode notar, o varistor foi fácil de encontrar, ao passo que o fusível, não. Este é um problema típico de cidades longe dos grandes centros. Se o fabricante estivesse utilizando os tradicionais porta-fusíveis, com soquete na placa para o tamanho 20-AG, por exemplo, teríamos feito um serviço bem mais rápido.

Mas também tem o outro lado: facilitar para um leigo colocar outro fusível no lugar, sem trocar o varistor, poderia até fazer funcionar rapidamente a impressora, mas ela estaria desprotegida e colocaria em risco os usuários e o equipamento.

Referências

[1] Arkibas – Manual serviço Samsung – Vista explodida das peças

http://www.arbikas.com/view/locator/ML-3051N.pdf

[2] 4Shared – Manual Serviço Samsung ML-3051-ND

http://www.4shared.com/zip/tRa–_kX/ML-3051ND.htm

[3] Eserviceinfo – Esquemas impressoras Samsung

http://www.eserviceinfo.com/equipment_mfg/Samsung_22.html

[4] EPCOS – Varistores – Informações gerais

http://www.epcos.com/web/generator/Web/Sections/ProductCatalog/ProtectionDevices/MonolithicVaristors/PDF/SIOV__General,property=Data__en.pdf;/SIOV_General.pdf

[5] EPCOS – Varistores – Notas de aplicação

http://www.epcos.com/web/generator/Web/Sections/ProductCatalog/ProtectionDevices/MonolithicVaristors/PDF/SIOV__Applications,property=Data__en.pdf;/SIOV_Applications.pdf

[6] USP – Demar – Apostila sobre varistores

http://www.demar.eel.usp.br/eletronica/artigos/Varistor.pdf

[7] Wester Extra Lite Company – Classificação internacional de fusíveis (UL)

http://www.westernextralite.com/resources.asp?key=49

[8] Wikipedia – panorama sobre os fusíveis, com bitola de fios de cobre e amperagens

http://en.wikipedia.org/wiki/Fuse_%28electrical%29

[9] Fusibras – Características dos fusíveis

http://www.fusibras.com.br/caracteristicas.htm

  1. Alf Guimarães
    7 de março de 2016 às 23:23

    liguei 110 em 220 impressora samsung scx-3405w, fui desmontando e notei o capacitor preto grande estufado 105´c6, assim que ouvi o ruido desliguei rapidamente ou não, só percebi esse capacitor inchado, alguma sugestão? trocar o capacitor ou devo trocar a placa toda e onde encontro? Grato…ALF

    • 8 de março de 2016 às 23:27

      Alf, a primeira coisa a fazer é retirar a placa e o capacitor estufado.

      Se o capacitor vazou na placa, cuide que este óleo é condutivo, daí passe água quente e deixar secar ao sol por uma ou duas horas, num dia bem quente.

      Procure também o varistor de entrada, que deve ter estourado, e talvez ainda o fusível. Após trocar estas peças, a impressora deve voltar a funcionar, mas não é garantido. Ocorre que o surto de tensão pode ter queimado alguma coisa a mais na fonte, daí a solução é procurar o manual de serviço na internet e tentar analisar o esquema.

      Lojas de eletrônica tem os componentes, até no ML tem para vender, procure capacitores bons, como Panasonic, Nichicon, Rubycon, Siemens (Epcos).

      Se tiver que trocar a placa, melhor consultar a Samsung.

      • Alf
        9 de março de 2016 às 19:49

        Valeu….

  2. Gelson
    27 de abril de 2015 às 11:41

    Bom dia!
    Estou com uma Samsung ML-4550ND que não para de jorrar papel (“imprime” em branco”). Me falaram em atualizar o Firmware dela, o que tem é o OS 1.60.30.132 07-29-2010 e PCL6 5.93 03-21-2009. Mas, não localizei na Internet. Tens alguma ideia se ajudaria e onde posso conseguir o firmware?

    Obrigado!
    Gelson

    • 27 de abril de 2015 às 19:23

      Gelson, eu jamais afirmaria que este defeito seria na impressora. É muito mais provável que exista um problema de comunicação com a impressora, provavelmente configuração. Acesse todas as opções das propriedades da impressora, talvez encontre algo, como por exemplo o formato do papel, de deveria ser A4, o padrão no Brasil.
      Além disso, outro problema comum de imprimir várias folhas em branco seria o arquivo de impressão com várias páginas em branco no final. Cuide no momento de imprimir a quantidade de páginas informada naquela janela, antes do OK (vá em Arquivo, Imprimir).
      E por último, a impressão de poucos caracteres, geralmente estranhos, em várias folhas, indica que o arquivo que iria ser impresso ficou truncado e perdeu as referências, causando a impressão de várias folhas. Neste caso, desligando a impressora e religando, normaliza.
      Nunca troquei qualquer firmware de impressora, ainda mais Samsung, que considero uma excelente marca de equipamentos, as impressoras duram muito e não dão defeito! A não ser por mau uso, como foi o caso deste post…

      • Gelson
        28 de abril de 2015 às 22:01

        Ok. As configurações já revisei e não achei algo diferente. Foi durante a impressão de um arquivo em rede que começou. Desligamos e religamos ela várias vezes, inclusive desconectando o cabo de rede e deixamos ela desligada vários dias sem energia e rede, mas não adianta, é só ligar ela que começa a jorrar folhas em branco. Para parar só abrindo alguma tampa ou quando tranca alguma folha. É como se tivesse ficado na memória o arquivo truncado e não apaga mais. Acessamos ela via IP e reiniciamos (quando não aparece a mensagem que está imprimindo), mas, não resolve, ela não perde a informação e continua a imprimir vazio. Vi no manual que ela tem 128 MB de memória interna, talvez tivesse como fazer um reset local, talvez tirando a memória (se é que é possível, talvez seja interna na placa). Já que não tem mais garantia e nem $$ para envio para assistência técnica, queria fazer uma última tentativa, já que a impressora maluca dá dando de 10 a 0 em mim. O que achas?

      • 4 de maio de 2015 às 22:27

        Gelson, eu creio que este é um assunto que deverá interessar muito o fabricante. Tente entrar em contato com a Samsung, através da página web ou do 0800, certamente eles farão de tudo para resolver este mistério. Eu falo isso porque quando tive problemas com os grandes fabricantes, seja um tubo de cola de cianoacrilato, uma tinta ou uma pilha, no meu caso, sempre fui muito bem atendido.

        O sítio da Samsung, de suporte para impressoras: http://www.samsung.com/br/support/category/pcperipheralsprinter/printer/

    • Clayton
      16 de outubro de 2015 às 08:18

      Gelson, seu problema com relação a impressora ML-4550ND já foi solucionado?

      Se não, segue uma dica. Peguei um problema semelhante ao seu, após enviar umas páginas de testes, a impressora logo em seguida não parou mais de puxar folhas em branco e ao reiniciar a mesma o problema continuava.

      Com a ajuda de um técnico a solução foi a seguinte:

      1º Abra a tampa lateral e verifique a solenoide de liberação das engrenagens do rolo pickup. Esta solenoide contém uma almofada de silicone com a finalidade de evitar contato entre a haste da solenoide e sua base, evitando assim aquele som de peças de ferro se chocando a todo momento.
      Com o passar do tempo, esta almofada se desgasta e com isso resíduos de cola ficam na base da solenoide. Quando a mesma atua, está cola prende a haste da solenoide na posição atracada impossibilitando que o rolo pickup pare de funcionar.

      Para solucionar este problema é fácil. Basta remover o resíduo de cola e colocar uma fita dupla face para substituir a almofada desgastada.

      Espero que ajude.

  3. Pedro
    22 de fevereiro de 2015 às 21:07

    Minha multifuncional xerox 6015 foi assim também, direto no 220v. Ainda funcionou e tirou duas cópias, depois foi desligada na chave fisica, ainda na tomada começou a subir um cheiro de queimado, corri e desliguei da tomada.Testei no dia seguinte de volta no 110v e ainda por milagre ela ligou, mas ao tirar uma cópia o papel saiu todo borrado de toner em todas as cores sem nenhuma semelhança ao papel de cópia.Não tem assistencia aqui na minha cidade, alguma ideia do que pode ter queimado? Consegui escanear um documento pra o usb sem problemas, mas estou com medo de usar pois a fonte pode estar comprometida, além de não imprimir nada, alguma ideia ?

    • 6 de março de 2015 às 23:10

      Provavelmente queimou o fusor, que é uma resistência que aquece o toner sobre o papel, fundindo-o. Se o fusor estragou, o toner fica soltinho sobre a folha.

      O fusor geralmente é ligado direto na rede elétrica, sem utilizar o circuito da fonte.

      Outros defeitos possíveis, e bem prováveis, são capacitores eletrolíticos estufados na fonte de alimentação, troque-os se estiverem inchados. Eles podem ter vazado líquido (eletrólito). Se isto ocorreu, deverá limpar toda a placa, pois este óleo é condutor de eletricidade e corrosivo.

  4. Ronaldo Lins
    13 de fevereiro de 2015 às 21:37

    Ola amigo, preciso trocar o capacitor da fonte desta impressora, aqui diz 200V 390uf, mas não consigo encontra-lo, nem aqui nem online nas lojas nacionais, encontrei no Aliexpress. Gostaria que voce me desse uma luz onde posso encontrar aqui no Brasil.

    • 6 de março de 2015 às 23:24

      Colque outro equivalente, com tensão igual ou maior, e capacitância também. Por exemplo, um de 470uF e 250V. É mais fácil encontrar e fica melhor.

  5. Ana
    9 de janeiro de 2015 às 20:55

    Comigo aconteceu o seguinte: por não saber, liguei a multifuncional samsung de 110v em 220v, direto na tomada, sem estabilizador. Não deu estalo, nem fumaça, nem cheiro ruim, nenhum sinal de vida. “Só” não ligou mais, nem acendeu nenhuma luz. Dias depois o técnico veio olhar, e disse que queimou uma peça, provavelmente por conta de trovoadas. Isso procede, ou fui eu que queimei a impressora?

    • 9 de janeiro de 2015 às 23:04

      Ana, se a impressora é 110 e você ligou em 220V, só lamento… Queimaste a impressora.
      Na verdade, o defeito é muito semelhante a uma descarga elétrica de alta tensão, como um raio ou ou curto-circuito em linhas de alta tensão, que fazem aparecer tensões acima da nominal na alimentação de qualquer equipamento ligado na rede elétrica.

      O fusível pode queimar sem barulho, só um leve puff… Se o ruído ambiente for alto (por exemplo, das ventoinhas do computador), não seria ouvido.

  6. 1 de agosto de 2014 às 16:31

    Liguei minha Samsung SCX4623F em 220V por engano. Ela deu um estouro e saiu fumaça branca mas ainda está funcionando (!!!) Porem qdo fiz uma copia de teste começou a sair um pouquinho de fumaça tb. Meus conhecimentos de eletronica são médios mas como moro longe de grande centro vou tentar consertar a placa. Além do varistor e do fusível será que pode ter queimado mais alguma coisa?. Acabei de achar o manual de manutenção dela e ainda não abri a impressora.

    • 1 de agosto de 2014 às 19:17

      Jackson, se a impressora ainda funciona em 110V, certamente a fumaça branca foi do capacitor eletrolítico da entrada. Troque-o, ele deve ter uma tensão de trabalho de 200V, em média.

  7. 28 de julho de 2014 às 18:40

    Muito interessante a sua informação.
    Sou de uma área de trabalho onde vamos ter bastante impressora para dar suporte.
    Havia uma vaga intenção em como corrigir circuito impressora laser ou como consertar impressora samsung queimada mais precisamente.
    Após ler seu artigo pude verificar outras palavras chaves para eu filtrar e pesquisar mais sobre o assunto na internet tais como:
    fusível e um varistor
    diagrama esquemático
    fusor
    A solução para o problema é substituir o varistor e o fusível, por outros idênticos.
    Placa da fonte da impressora Samsung ML-3051ND

  8. erick
    12 de fevereiro de 2014 às 22:21

    ola pessoal obrigado pela atenção, consegui trocar o varistor e fuzivel, corretamente, porém meu problema, nao parece estar só ai, quando ligo apenas a placa de energia no estabilizador passa corrente e fica td bem, porem quando ligo a energia da placa e a energia do fusor, a impressora liga incia ajusta o toner e logo em seguida desliga sozinha, nao queima fuzivel, é como se a energia fosse insuficiente, por favor, eu preciso de ajuda ja nao sei mas o que procurar como defeito, aguardo resposta se possivel. desde ja agradeço. tem como me passar seu tel,,,,,

    • 18 de fevereiro de 2014 às 22:59

      Troque o capacitor da fonte, aquele de 200V, é um grandão. Se tudo funciona bem e falta energia, deve ser ele.

      Também pode ser o estabilizador que você está utilizando, que não tem capacidade de pico momentaneamente elevada para suprir a demanda da impressora.

      Daí será melhor comprar um autotransformador com pelo menos o dobro de potência da impressora. Estabilizadores bons mesmo são muito caros, os que se vendem no Brasil são uns cacos, especialmente aqueles que fazem “tlec-tlec” (usam relés em vez de triac’s).

  9. erick
    10 de fevereiro de 2014 às 20:53

    qual o varistor e fuzivel corretos

    • 12 de fevereiro de 2014 às 08:59

      Erick, o fusível tem marcado no corpo dele a amperagem e o tipo, cada modelo de impressora pode mudar isto, ligeiramente.
      Por exemplo, um fusível onde está escrito 3.15AT é de 3,15 Ampere e tipo retardado (T). Veja as referências para maiores informações.

      O varistor e o fusível constam do diagrama, estão destacados como explicado no texto, é só clicar na imagem que irá ampliá-la e poderá ver mais claramente.

  10. wagner pinheiro da silva
    30 de dezembro de 2013 às 23:11

    ml 2580 minha impressora só funciona as vezes ,quando mais de semana sem usar ai sim ela liga ,se eu desligar ela não liga mas

    • 2 de janeiro de 2014 às 01:11

      Wagner, se a sua impressora não inicializa quando você tenta ligar, o defeito provavelmente é na fonte de alimentação. Se a fonte foi ligada alguma vez em 220V, é provável que algum capacitor eletrolítico tenha danificado, necessitando substituição.

      Mas se ela inicializa e tranca, pode ser algum problema na memória. Ela tem uma placa de processamento que utiliza memória semelhante a de notebook, mas com muito menos capacidade.

  1. 8 de março de 2015 às 00:26
  2. 15 de janeiro de 2014 às 17:44
  3. 27 de fevereiro de 2013 às 23:47
Os comentários estão desativados.
%d blogueiros gostam disto: