Arquivo

Posts Tagged ‘Como fazer’

TÉCNICA – Como transformar uma torradeira 110V para 220V

4 de março de 2013 76 comentários
Figura 1 – Grill Black & Decker G600.

Figura 1 – Grill Black & Decker G600.

No Brasil, a maioria das cidades tem rede elétrica doméstica de 220V CA, enquanto que em algumas capitais a tensão é 127V CA. Isto é um legado de nosso passado, quando não havia qualquer padronização do sistema elétrico. Mudar isso não é prioridade no momento atual, pois ainda temos, como país, desafios mais sérios para resolver.

Mas é um incômodo, que fica evidente numa mudança ou viagem, principalmente com os eletrodomésticos, que quase sempre são fabricados para uma tensão específica. O que muitos não sabem é que na linha branca, as torradeiras geralmente são conversíveis.

Leia mais…

TÉCNICA – Conserto da fonte de XBOX 360 S (Slim) que foi ligada em 220V

27 de fevereiro de 2013 451 comentários
Figura 1 – Fonte de XBOX 360S.

Figura 1 – Fonte de XBOX 360S.

O videogame Microsoft XBOX 360 tornou-se uma febre entre os jogadores devido, em grande parte, à interface Kinect, que liberta o usuário de controles manuais e incentiva algum exercício físico.

Então, aqui no Brasil, seu filho (ou você, ou seu cliente), doido para jogar, liga apressadamente a fonte do XBOX (figura 1), recém comprado, mas esquece do transformador conversor, de 220V para 110V. E quando espeta o plugue na tomada, ouve-se um estouro…

Leia mais…

TÉCNICA – Conserto em plásticos VI – Recuperação de aba móvel

10 de janeiro de 2013 2 comentários
Figura 1 – Encaixe quebrado da aba de um computador Itautec Pentium 4.

Figura 1 – Encaixe quebrado da aba de um computador Itautec Pentium 4.

Muitos equipamentos com gabinetes plásticos possuem abas, que escondem conectores e chaves e dão uma aparência mais esbelta ao produto. Estas abas são frequentes em televisores e computadores de mesa, por exemplo. Em nosso caso, tínhamos um desktop Itautec Pentium 4, que ocultava debaixo da aba as tomadas USB do painel frontal.

Esta aba, feita em ABS, sempre caía quando era aberta, o que era um incômodo para o cliente. Mas era necessária para impedir a entrada de pó. A parte quebrada tinha sido perdida e foi recriado o encaixe com fio rígido.

Leia mais…

PROJETO – Um atenuador (L-pad) para amplificadores valvulados de guitarra

30 de novembro de 2012 3 comentários
Figura 1 – Amplificador para o qual foi projetado o atenuador.

Figura 1 – Amplificador para o qual foi projetado o atenuador.

Certa vez, um guitarrista tinha comprado um amplificador valvulado (figura 1), para utilizar no apartamento onde morava. Logo ele notou que o amplificador ficava com um timbre muito sem graça quando o volume era baixinho. Para ficar com um som “gordo”, consistente, tinha que aumentar o volume. Mas só ele gostava, pois a vizinhança tinha algum problema com música…

Ele me pediu, então, um modo de fazer com que o amplificador trabalhasse a plena potência (ou perto disso), mas com o som dos alto-falantes num nível aceitável para os vizinhos.

Leia mais…

TÉCNICA – Projeto, confecção e montagem de placas de circuito impresso

28 de novembro de 2012 5 comentários
Figura 1 – Material utilizado para projetar placas de circuito impressos simples.

Figura 1 – Material utilizado para projetar placas de circuito impressos simples.

Desta feita, exponho meus métodos de trabalho para projetar e construir placas de circuito impresso (PCI) de pequena e média complexidade.

O artigo está separado em 4 grandes blocos: projeto, transferência, confecção e montagem. Em cada etapa há comentários sobre o material necessário para aquele conjunto de atividades.

As fotos que servem de exemplo referem-se a dois diferentes projetos, já que o intuito é demonstrar a técnica. Um deles é um atenuador para amplificador de guitarras valvulado (L-pad), que foi feito em placa de fibra de vidro e poderá virar post em breve. O outro é um amplificador com o integrado LM4766, da National. O projeto do amplificador está disponível na internet – ver referência [1] – e tem um desenho muito cuidadoso. Inclusive, funcionou perfeitamente, tem ótima qualidade.

Leia mais…

FERRAMENTA – Um modo simples de enrolar bobinas

24 de novembro de 2012 14 comentários
Figura 1 – Ferramenta pronta para uso.

Figura 1 – Ferramenta pronta para uso.

Desta vez, apresento um modo simples de construir bobinas de fio de cobre esmaltado, muito utilizadas em divisores de frequência de caixas acústicas, os famosos crossovers, como aqueles abordados em um post anterior.

Como não encontrei no comércio local carretéis plásticos adequados para enrolar as bobinas, tive que inventar um jeito de facilitar sua construção, pois eram muitas. Criei uma ferramenta específica para isso, que permite enrolar bobinas de vários tamanhos, de um modo razoavelmente padronizado.

Leia mais…

DICA – Para quem usa sabão e ajuda em casa

22 de novembro de 2012 4 comentários
Figura 1 – Dupla de sabão velho e novo, casados.

Figura 1 – Dupla de sabão velho e novo, casados.

Este post é para meu filho, que pediu um especial para os 10 mil acessos ao blog, após um ano de criação. Como estou com pouco tempo, vai uma dica de reciclagem… de SABÃO!

Ora, este blog também tem que ser um pouco divertido! Talvez a palavra mais adequada a esta atividade não seja reciclagem, mas sim USO CONSCIENTE.

Leia mais…

PROJETO – Carregador de uma, duas ou + baterias seladas

16 de novembro de 2012 28 comentários
Figura 1 – Carregador instalado no carrinho elétrico.

Figura 1 – Carregador instalado no carrinho elétrico.

Este post trata de um modo não convencional para carregamento e utilização de baterias seladas (figura 1). É demonstrada a técnica para carga e utilização de duas ou mais baterias, evitando a interferência mútua. Além disso, estão agrupadas informações para conhecer melhor as baterias seladas e a forma de tirar melhor proveito delas.

A origem deste artigo foi a necessidade de carregar duas baterias de 6V e 4Ah, que foram as únicas encontradas no comércio para substituir uma maior, de 6V e 7Ah, de um brinquedo (carrinho elétrico) motorizado.

Além do mais, o artigo possibilita a reciclagem de componentes encontrados em fontes de computadores, comentado em post anterior.

Leia mais…

TÉCNICA – Conserto em plásticos V – Utilizando resina para reparo em gabinete plástico

6 de novembro de 2012 2 comentários
Figura 1 – Local para o transformador em rádio-gravador.

Figura 1 – Local para o transformador em rádio-gravador.

 Este post mostra um problema muito comum para os restauradores. Diversas vezes nos deparamos com a necessidade de adaptações, pois os componentes originais não existem no mercado ou a peça comprada não adapta-se perfeitamente ao local existente.

Aqui, era necessário trocar o transformador de um rádio-gravador. Apesar do fabricante ter deixado espera para dois tamanhos diferentes, não era possível montar o transformador que tínhamos em mãos, pois era um pouco maior (figura 1).

Leia mais…

TÉCNICA – Conserto em plásticos IV – Resina acrílica

31 de outubro de 2012 34 comentários

 

Figura 1 – Material necessário para trabalhar com resinas.

Figura 1 – Material necessário para trabalhar com resinas.

Continuando com a manutenção em plásticos, desta vez será abordada a utilização das resinas acrílicas autopolimerizantes, muito utilizadas por dentistas.

A odontologia desenvolveu (e continua a desenvolver) uma série de produtos que facilitam o trabalho e melhoram a prática da profissão. Trabalhar com os dentes, fazer reparos e criar peças novas, obrigou os dentistas a desenvolverem diversas soluções técnicas para seus problemas. Criaram-se ferramentas, equipamentos e substâncias que via de regra utilizam tecnologia de ponta. Esta tecnologia pode beneficiar outras áreas. As que necessitam de ferramentas delicadas e que trabalham com peças pequenas, como a eletrônica, são canditatas.

Leia mais…