Anúncios
Início > Manutenção, Vivendo > DICA – Para quem usa sabão e ajuda em casa

DICA – Para quem usa sabão e ajuda em casa

22 de novembro de 2012

Figura 1 – Dupla de sabão velho e novo, casados.

Figura 1 – Dupla de sabão velho e novo, casados.

Este post é para meu filho, que pediu um especial para os 10 mil acessos ao blog, após um ano de criação. Como estou com pouco tempo, vai uma dica de reciclagem… de SABÃO!

Ora, este blog também tem que ser um pouco divertido! Talvez a palavra mais adequada a esta atividade não seja reciclagem, mas sim USO CONSCIENTE.

Você ajuda sua mulher – ou sua irmã, mãe, tia, avó, qualquer parente – em casa, certo?  E o sabão para lavar a louça começou a diminuir. E agora só se gasta pelas bordas, para não quebrá-lo.  Para não ficar com os pedaços rolando pela casa, faça um “casamento”, como o da figura 1!

A técnica

Deposite o pedaço de sabão velho na pia, e comece a lavar a a louça com uma barra nova (figuras 2 e 3).  Note que o pedaço velho não fica mergulhado na água, só molha enquanto enquanto a torneira estiver aberta.  Se você costuma utilizar a cuba cheia d’água, mergulhe o pedaço por pouco tempo.

Figura 2 - Sabão em final de vida útil.

Figura 2 – Sabão em final de vida útil.

Após algum tempo (quase no final da lavagem), pegue o pedaço de sabão velho, que está todo mole e pressione contra o novo.  As figuras 4, 5 e 6 mostram os passos.

Figura 3 - Sabão gasto na cuba da pia.

Figura 3 – Sabão gasto na cuba da pia.

Figura 4 – Alinhando o velho com o novo.

Figura 4 – Alinhando o velho com o novo.

Figura 5 – Espalhando o sabão, precisa fazer força e segurar firme.

Figura 5 – Espalhando o sabão, precisa fazer força e segurar firme.

Figura 6 – A dupla pronta para a batalha.

Figura 6 – A dupla pronta para a batalha.

Faça isto à noite, para dar tempo da união secar.  Veja como se comporta o resultado da junção, nos próximos dias:

Figura 7 - 1 dia depois, ele seca e começa a trincar.

Figura 7 – 1 dia depois, ele seca e começa a trincar.

Figura 8 - 2 dias depois, com jeito vamos levando para não descolar.

Figura 8 – 2 dias depois, com jeito vamos levando para não descolar.

Figura 9 - 3 dias depois da união.

Figura 9 – 3 dias depois da união.

Figura 10 - 7 dias depois da união.

Figura 10 – 7 dias depois da união.

Figura 11 - 8 dias depois da união.

Figura 11 – 8 dias depois da união.

Figura 12 - 9 dias depois da união, já nem parece que tinha outro.

Figura 12 – 9 dias depois da união, já nem parece que tinha outro.

Esta técnica vale também para sabonetes, só que eles amolecem mais rápido, por isto deve-se molhá-los pouco tempo antes de uni-los.  E os sabonetes de glicerina às vezes são teimosos, podem não aceitar o casamento…

NADA PARA O LIXO! DINHEIRO USADO – E BEM APROVEITADO – ATÉ O ÚLTIMO CENTAVO!

\ep/

Anúncios
  1. António Costa
    28 de janeiro de 2014 às 01:52

    Boa noite,
    Parabéns pelo blog está mto útil e interessante.
    Apenas uma questão, electrodoméstico de matriz europeia (230-240 V, 50hz) tem alguma adaptação possível para funcionar direito no Brasil?
    Obrigado.
    António Costa

    • 28 de janeiro de 2014 às 10:19

      António, em princípio não há problemas, para a maior parte dos equipamentos.
      Mas eletrodomésticos que utilizam motores de indução (sem escovas), como geladeiras e ar condicionado, podem apresentar alterações de comportamento.

      Estes motores alteram sua rotação conforme a frequência.
      Como a frequência da rede elétrica do Brasil é 20% mais alta, a rotação tende a aumentar na mesma proporção.
      Mas, em contrapartida, a tensão da rede é 5% a 10% mais baixa, o que poderia equilibrar a situação.

      Mesmo assim, estes componentes toleram bem alterações leves de frequência, da mesma forma que os transformadores. Poderá ocorrer um pequeno aumento da temperatura.

      Outros equipamentos, que utilizam fontes chaveadas, não alteram o seu comportamento, são perfeitamente compatíveis. Da mesma forma que aparelhos com motores de escovas, como aspiradores e liquidificadores. Ferros de passar não tem diferença, pois são apenas uma resistência.

      Por último, os aparelhos que vierem com plugue Schucko (pinos grossos) devem ser trocados por plugues de 20A NBR. Não é recomendado utilizar adaptadores, até porque são mais caros.

  1. 8 de março de 2015 às 00:27
  2. 15 de janeiro de 2014 às 17:45
Comentários encerrados.
%d blogueiros gostam disto: