Anúncios
Início > Eletrônica, Manutenção > DICA – Conserto da tomada do fone de MP3

DICA – Conserto da tomada do fone de MP3

1 de novembro de 2012

 

Figura 1 - MP3 defeituoso.

Figura 1 – MP3 defeituoso.

Bom, hoje a dica é o conserto do MP3 (ou MP4,5,20, 500,…), como o da figura 1. Vou abordar um defeito muito comum, quando o conector dos fones de ouvido fica falhando ou faz o som emudecer completamente.

Muitos utilizam este tipo de aparelho no trabalho, em passeios ou exercícios. Só que o uso intenso pode trazer problemas. Aqui aparece o motivo da diferença de custo entre os equipamentos: quanto mais caro o produto, melhor será a qualidade de seu projeto e de seus componentes e ele irá apresentar menos defeitos. Por fora, são muito parecidos, mas internamente, tudo diferente.

Claro, estou considerando que todo mundo é honesto e que o preço cobrado é sempre resultado dos custos de produção…

Como abrir?

Não vou mostrar aqui como desmontar o aparelho, pois cada modelo é diferente. Mas dou uma dica importante: se você está forçando para abrir, é porque não descobriu aquele parafuso escondido embaixo de uma etiqueta ou pé de borracha, um encaixe que ainda não foi solto ou está tentando abrir pelo lado errado.

NUNCA o equipamento precisa ser forçado, até mesmo aqueles que só tem encaixes, sem nenhum parafuso. Eles podem ser abertos com algum jeito, às vezes precisa de um cartão plástico para desencaixar as presilhas, ou do manual de serviço…

Após aberto o aparelho, é interessante começar a olhar as soldas das peças sujeitas a esforços mecânicos, como chaves e conectores, pois respondem pela maioria dos defeitos: solda com movimentação não combinam.

As soldas, nossa sina…

A solda, hoje em dia, tem sido a culpada por muitas falhas nos eletrônicos. Até há poucos anos, os fabricantes utilizavam uma composição de chumbo e estanho, numa proporção que resultava em excelente flexibilidade e ponto de fusão muito baixo – 183 ºC na liga eutética, que tem 63% de estanho (Sn) e 37% de chumbo (Pb).

Agora, tudo que é metal pesado é proibido. Então, baniram o chumbo da liga de solda eletrônica. Claro que os efeitos de envenenamento por chumbo são terríveis, mas é importante saber que as baterias automotivas utilizam 80% do chumbo produzido mundialmente, enquanto que as soldas de eletrônica respondem somente por 0,5% do total. Mais sensato seria dar uma destinação adequada a todo e qualquer produto que vai para o lixo, reciclando o que for possível. Mas isso é outra história.

Assim, não se pode mais fabricar aparelhos que contenham metais pesados para a maioria dos países desenvolvidos. Até o momento, não se descobriu uma liga tão boa como a antiga, com custos aceitáveis, boa flexibilidade e aderência. No momento que escrevo, estuda-se a utilização de metais como a prata (Ag) e o índio (In), mas os preços são muito altos. Estes metais são aproximadamente 200 vezes mais caros que o chumbo.

Isto impacta significativamente nos custos de produção. Como a proibição já está em vigor, os fabricantes usam uma solda muito ruim (a mais barata…) para ligar os componentes. Ela é muito quebradiça, tem ponto de fusão mais alto, e tem uma aparência fosca, bem tosca. Além disso, o contato elétrico é frágil.

Se o componente sofrer alguma ação mecânica, como em nosso caso, é falha certa. Ainda mais se o equipamento é barato e utiliza componentes de baixa qualidade, pouco ancorados à placa, como esta tomada de fone. Na figura 2, pode-se ver que o comprimento dos terminais de soldagem é muito pequeno, e foi a causa do defeito. Se fosse 0,5mm mais longo, provavelmente este artigo não teria sido escrito.

A solução

 Figura 2 – Solda com mau contato no terminal inferior esquerdo da tomada dos fones.

Figura 2 – Solda com mau contato no terminal inferior esquerdo da tomada dos fones.

 

Figura 3 – Retirada da tomada para limpeza da área.

Figura 3 – Retirada da tomada para limpeza da área.

 

Figura 4 – Conector ressoldado à placa, pronto para remontagem.

Figura 4 – Conector ressoldado à placa, pronto para remontagem.

A solução do problema é ressoldar com a solda tradicional de estanho/chumbo, que ainda é encontrada no comércio. A liga eutética (63/37) vem em rolos de cor laranja, mas também pode-se utilizar a liga do rolo azul (60/40). Deve-se colocar uma quantidade que seja suficiente para deixar os terminais submersos na solda, pois melhora a ancoragem.

Na figura 3 é mostrado o conector fora da placa. É importante fazer isso para limpar bem a área das soldas antigas. Muitos somente soldariam por cima, mas fazer isto não garante um bom serviço. Porque limpar agora evitará retrabalho depois…

Na figura 4, aparece a tomada já recolocada, com bastante solda. Nestes aparelhos minúsculos, deve-se cuidar para que as alturas das soldas não ultrapassem as dos outros componentes, pois aí poderá ocorrer um curto-circuito com o invólucro, pondo a perder o trabalho.

Pronto! Agora o MP3 pode ser remontado e ficará funcionando mais um bom tempo. Escapou do lixo, por enquanto…

Anúncios
  1. Rafael Ribeiro
    1 de março de 2013 às 12:58

    Esses dias troquei o conector de um tablet desses chineses, não encontrei para venda um novo power jack com interruptor, (então fiz uma adaptação técnica) agora vi que é bem semelhante ao do mp3..

  2. Valdecir
    22 de novembro de 2012 às 14:12

    Gentileza informar se vc possui contato de alguém q conserte MP3 em Sao Paulo. Grato.

    • 22 de novembro de 2012 às 16:27

      Valdecir, não conheço ninguém em São Paulo, desculpe. Talvez na região da rua Santa Ifigênia possa conseguir alguém.

  1. 8 de março de 2015 às 00:26
  2. 15 de janeiro de 2014 às 17:44
Os comentários estão desativados.
%d blogueiros gostam disto: